DE$TEM¥D@

 
Status do relacionamento: casado(a)
Interessado em: mulheres, homens
Procurando por: amizade, entretenimento
Registro: 02/05/2020
Um conselho? Pense mais em você...
Pontos82Mais
Próximo nível: 
Pontos necessários: 118
Último jogo
Canastra

Canastra

Canastra
1 hora h

Brincando de sentir....

10/07/2020       

Eu já pensei que éramos descartáveis...
Eu já pensei que o problema era a falsidade...
Já pensei tanta coisa.....
Hoje acredito que identifiquei o problema: nossa fobia de emoções.
Não me entenda mal, adoramos fingir sentir... mas de verdade? Não sentimos
Ahhhhh GS, fingir???????????? eu não finjo nadinha!!!!
Não mesmo?
Eu vou perguntar e você vai me responder:
Quantas vezes somos passíveis de amor verdadeiro?
Quantas vezes você proclamou amor só aqui nesse GDzão de meu Deus?
Quantas amizades sinceras é possível ter na vida??
Quantas vezes você jurou amizade a alguém neste site?
Pior, quantas dessas amizades você descartou na primeira desavença?
Quanto carinho se esvaiu depois que a pessoa perdeu a utilidade?

Somos bons em fingir....
Um homem que fala de amor, e finge amar, atrai muitas mulheres carentes...
Uma mulher que finge fragilidade atrai os protetores de plantão...
Uma pessoa que finge amizade, vive rodeado de outras pessoas que fingem a mesma coisa.

Muita gente finge muita coisa... e ironicamente reclamam dos não verdadeiros.... vai entender.

O grande problema, é que nesse bolo, há sempre um ou outro perdido que ousa sentir... que cai na besteira de ser de verdade.
Geralmente essa pessoa é chamada de intensa... é odiada por ser o que os fingidos tem medo de ser.... é considerada falsa por aqueles que simplesmente desconhecem o verdadeiro bem querer.
E se tem uma coisa que eu aprendi no mundo virtual é que não vale a pena sentir... não vale a pena sentir amor por ninguém... não vale a pena sentir amizade por ninguém...
O mundo virtual é o mundo dos descartáveis.... onde se pode tudo.... onde não há consequência... 
Se quiser sobreviver esqueça o amor e abandone a ideia de amizade.... você será trocado na primeira oportunidade.
Lide com isso.... aprenda a simular.... ou seja visto como quem deve ser combatido.... afinal o ponto fora da curva quebra o equilíbrio das flores de plástico.
GS-Destê
https://www.youtube.com/watch?v=zeZu8FFSefQ

Memórias #5 - o ponto final

10/07/2020       
É possível o coração se enganar?
Memorias me tiraram o sono...
Lembranças de um amor, ou um engano...
Olhando para trás... aquelas lembranças doces, vívidas, coloridas, iluminadas.... felizes.... na insonia vieram acompanhadas pela dúvida.... foram reais?
A dúvida é algo que não deveria existir no coração, no amor.... ela deixa as lembranças cinzas, escuras, angustiantes.... no final, quando a dúvida se instala, só fica o gosto amargo.
Será que você lembra das mesmas coisas que eu?
Será que sentiu o que eu senti?
Aquele eu te amo, era amor?
Meu coração se recusa a acreditar que não, minha mente afirma que era tudo ilusão.
Mas não te culpo.... não posso te culpar.
Foram meus pensamentos que se fixaram em você...
Foram meus lábios que desejaram os seus....
Foi meu coração que se entregou...
Lembrando de tudo agora, você não pediu nada disso, até tentou evitar.
Eu vivi um sonho bom.... me embriaguei na ilusão.....
Hoje a insonia me trouxe a lucidez, a sobriedade necessária para por um ponto final nessas memorias de um amor que não era pra ser.... que morreu sem nunca ter sido.
Deixei a ultima memoria boa para trás.... essa noite de insonia encerrou toda insanidade desse sentimento.
Sem mais memorias... sem mais saudades.... ponto final.
https://www.youtube.com/watch?v=CNtzCM7DdPA

Falta coragem...

09/07/2020       

Vendo tanta coisa que já aconteceu, cheguei a conclusão que nos falta coragem.
Coragem para amar....
Coragem para perdoar..
Coragem para dizer o que se sente...
Coragem para pensar por si próprio...
Coragem para ser o que é...

Quando amamos quem não devemos, ou quem nossos próximos não aprovariam... nos acovardamos e escolhemos a separação
Quando perdoamos aqueles que um dia significaram algo e nossos pares nos criticam.... "desperdoamos"... ou até fingimos raiva por antever a desaprovação.
Quando sentimos algo, bom ou ruim em relação a alguém, mas isso também é desaprovado pelo nosso meio social, novamente escolhemos agradar aqueles que pensamos que ficarão ao nosso lado.
Quando pensamos por nós mesmos, e esse pensamento sai fora da curva, independente de ideologia, filosofia, ciência e/ou moral, nos calamos.
E ser diferente no meio dos iguais, o maior pecado de todos.... maquiamos nossa essência para nos igualar. 

tudo isso é covardia.... 
Coragem é enfrentar críticas, ofensas, ataques e assumir quem realmente somos.
Coragem é amar, perdoar e assumir gostar daquele que nossos pares desaprovam....
Coragem é assumir nossos erros.... é entender que não há vergonha em mudar de ideia, ou até superar algo do passado.

remoer é pros fracos.... pros toscos.... pros simplórios....
vingança é pra quem ainda não entendeu o sentido da vida....
pensar estar acima do bem e do mal é pros deploráveis.

A força está na amizade que nunca finda... no amor que não morre.... no perdão liberado.

Falar de amor é fácil... quero ver amar verdadeiramente...
Falar de perdão é fácil.... quero ver perdoar e de fato não jogar na cara na primeira oportunidade....
Fingir sentir é fácil.... quero ver deixar ser tomado pelo sentimento...
Dizer que segue sua própria cabeça é fácil.... quero ver não ser clichê e repetir textos prontos, ideologias vendidas, e proclamar ideias batidas.
Fingir ser original é facil.... quero ver assumir a originalidade quando ela vai de encontro ao meio em que se convive, e defender o que se é....
\
Já vi falsos amigos, falsos intelectuais, falsos amores todos cobrando verdade dos outros.... mas e aí? 
Quando farão o que dizem?
Quando serão corajosos o suficiente e assumirão os próprios erros?
Quando deixarão de culpar outrem por tudo apenas para não precisar mudar ou se desculpar?
Falta-nos coragem

https://www.youtube.com/watch?v=OM99O9zDjm0

isso é tudo....

01/07/2020       

   A vida passa e mais um ciclo de vida se conclui, e os bons momentos ficaram pra sempre eternizados na minha memória.

Obrigada a todos vocês que fizeram questão de estarem perto de mim e me ajudaram a crescer.
Aqueles que se afastaram eu agradeço também... me ensinaram lições valiosas e com certeza deixaram um pouco de si em mim e carregam um pouco de mim em vocês.  
A vida ensina que, embora tenhamos o livre arbítrio, não podemos ter o controle absoluto sobre nossas vidas. Há circunstâncias trazidas por fatores externos e o diferencial se encontra na postura que você apresenta diante disso. Por mais que o marinheiro tenha o leme nas mãos, nem sempre irá prever um mar revolto.
 Ouvi de um amigo que não há experiência boas e ruins, mas sim boas ou muito boas. As boas, por vezes, são aquelas que nos furtam os sorrisos, mas nos remetem a uma evolução onde somos obrigados a "olhar para dentro", corrigir falhas e acertar os passos. As muito boas nos recompensam trazendo a certeza de que a direção tomada é segura.
A quem eu amei.... nunca passou... nem passará.... mas obrigada por me ensinar a amar... me ensinar o sorriso vindo de um simples gesto  de carinho. Por ensinar que a saudade só é boa quando há a certrza do reencontro... caso contrário aperta o peito e ensina a respeitar os sebtimentos antes que seja tarde. O que senti por vc está marcado no meu coração. 
Aos amigos obrigado por sempre estarem tentando me tirar um sorriso... ver o lado bom das coisas... adoro todos vocês.
Aos ex amigos... sinto muito por ter falhado e talvez lhes decepcionado. Nunca quis magoar ninguém... mas sempre levei em conta primeiro as minhas verdades. Espero que perdoem e superem... saibam que eu senti e ainda sinto falta de todos vocês... do mar á selva. 
Aos ex inimigos... obrigado pelo voto de confiança.
A todos que um dia cruzaram meu caminho desejo tudo de bom... se cuidem e não enlouqueçam no hospício GD...
Um abraço mais que apertado... um beijo no coração. 

e eu prometo que essa será a uktima insonia que me fara escrever para vocês.
inté

Minhas mais sinceras desculpas

25/06/2020       
Queria pedir desculpas a todos diretores e roteiristas de filme de zumbi e epidemia quando eu falava:
As pessoas não seriam tão burras em caso de uma crise sanitária....

Sim... elas seriam muito burras mesmo. 

facebooquei hj... pq sim :p

Raiva e decepção.

25/06/2020       
Você não sabe a diferença entre ficar com raiva e ficar decepcionado?
Eu vouh explicar para você:
Quando você está com raiva você grita, chora, xinga, depois se acalma e tudo passa.
Quando você se decepciona, você grita por dentro, mostra calma aparente, mas a decepção não vai embora... te desgasta por dentro e você muda.


Dando um tempo

24/06/2020       

Dando um tempo do cotidiano, das mesmas caras e sorrisos (tão "maquiados" que mal enxergamos por trás da ilusão);
Dando um tempo de vocês e de seus disparates;
Dando um tempo de tanta hipocrisia e falsidade.
Estou me mudando para o país do fodas... aqueles que não precisam ser paparicados... não precisam provar ser, apenas são; onde ninguém liga para o que os outros pensam;
onde só o que realmente importa é estar bem consigo mesmo.
Isso não é recuar, muito menos amarelar. Pelo contrário, estou fazendo um bem imenso a todos ficando alheia ao que acontece. 
Poupem-me da “chatice” de opinar e receber olhares tortos. Agora eu estou na fase do “dane-se”. E sinceramente? Nunca me senti melhor.
A monotonia de "provar ser" e "mostrar que" não me é mais útil. E se alguém me julgar pelo meu novo jeito de ser, responderei com o melhor dos sorrisos: F0d4-53

Elo perdido....

23/06/2020       

Tanto que eu queria lhe dizer...
Não sei como... não sei como dizer... as palavras me escapam... e tenho medo do que você vai me responder....
Tanta afinidade desapareceu...
Todo carinho se foi...
Minha versão real te desiludiu.... sua versão real me decepcionou...
Mas se houve algo sincero.... isso deveria acontecer?
Procuro pistas que você apenas espera que eu me achegue.... faço de conta que você espera as mesmas pistas...
Será coragem que nos falta?
Ou será sentimento unilateral... uma via de mão única que faz ambos magoarem-se igualmente?
Ensaio conversas e aproximações... pedidos de desculpas... explicações que talvez nem eu e nem você acreditará... mas o medo... talvez provocado pelo orgulho... medo da exposição, quem sabe da rejeição me breca.
Será que você pensa em mim? Nosso elo foi perdido?
Continuarei procurando qualquer sinal.... e  você deve estar pensando se este texto é pra você... 
GS-Destê

...Verso e anverso...

23/06/2020       

Eu sou o verso
O anverso e o reverso
Sou a partida e o regresso
Quando desisto, logo recomeço
E se confirmo, depois desconverso
Até me concentro, mas depois disperso
Eu nego, nego e confesso
Sou a amiga e o adverso 
Um anjo puro e perverso
Caso perdido, de sucesso
Se acalmo o passo, logo já apresso
A ninguém obedeço, mas a todos favoreço
Não sou santa e pago o preço
Mas pouco me importa o que pareço
É na solidão que me fortaleço
E entre amigos, que eu cresço
Nada quero e nada te peço
Apenas entenda o que eu professo
Minha ausência e meu excesso

Lina Marano

Ideias soltas

21/06/2020       

Me incomoda quando vejo ideias que não correspondem aos fatos... quando se fala algo e faz o exato oposto.
O que se pretende com isso?
Qual a intenção real atrás de ataques seguidos de discursos de amor? Pregar aceitaçào logo após a rejeição? Prostituir-se apenas para acalmar um desejo de vingança?

Discursos estão sempre prontos e são sempre bonitos, mas são vazios. Vazios de sentimentos verdadeiros... vazios de verdadeiras reflexões. Conceitos e certezas que nunca foram revistos... portanto continuam no engano. Vazios porque chegamos num ponto em que todo mundo conhece todo mundo. Ponto esse em que conseguimos analisar o que se fala, as ações do locutor e o que se fala sobre o mesmo. E nessa triangulação de falas e fatos ninguém mais se deixa enganar com frases feitas e perfeitas. Não há mais intenções escondidas.
Como blefar se todas as cartas estão sobre a mesa? Quando todos os segredos já foram revelados?
A pretensão de lubridiar e manipular conceitos sobre coisas e pessoas a esta altura do campeonato é de uma inocência que chega ser bonitinha.
Quem amou e fala em perdão... perdoa... não se perde em palavras... e apenas palavras.
Quem errou e reconhece o erro, age para acertar e não errar ainda mais.
Não há espaço para o amor no coração do maldoso...
Nem há espaço para o perdão no coração do amargurado....
A empatia desaparece na vingança do raivoso.

Um coração imaturo é capaz de tudo, até da auto mutilação. Um alvo em comum aproxima pessoas... nada estreita mais laços tão efetivamente quanto o ódio em comum. Mas no final quem sai machucado? Seria talvez quem perde a chance de amar completamente porque está ocupado demais com a melancolia?

Só se atinge quem se importa... e antes de qualquer coisa verifique se sua concepção de verdade condiz com a realidade.

E esse texto provavelmente só faz sentido na minha cabeça.

" Melancolia, disfarçada num lirismo bêbado

Perde-se em palavras, cai no delírio.

Fica à margem da tristeza foge à razão

Ignora o que é régio, encontra seu coração."

José Biermann

GS-Destê

Páginas: 4